tarot naipes explicacao copas espadas paus ouros elementos arcanos menores

Os naipes do tarot (tarô)

No tarot, cada um dos naipes têm um significado atrelado a seu símbolo.

Nós, como seres humanos, somos formados por estas quatro partes: o corpo físico (ouros), o espírito (paus), as emoções (copas) e o pensamento (espadas). É claro que estou falando em um ponto de vista filosófico.

naipe tarot agua fogo terra ar

Neste sentido, nós temos estes quatro aspectos latentes em nosso ser, e cada um dos naipes do tarot representa uma faceta nossa. Em algumas pessoas, um naipe está mais forte do que outro. Por exemplo, uns dão mais valor aos sentimentos, outros preferem usar a lógica, outros são mais materialistas, e há os que valorizam mais a criatividade.

Todos estes lados de nosso ser são importantes. E por isso que, ao fazermos leituras com os Arcanos Menores do Tarot, temos a chance de colocar um olhar mais atento de um ângulo que talvez estivéssemos ignorando, ou superestimando.

Então, vamos diretamente a eles:

 

Naipes do tarot: Copas / Cálice

naipe tarot copas coracao calice

No tarot, o naipe de Copas (também conhecido como “cálice”) representa nosso lado emocional, nossos sentimentos, experiências espirituais, a intuição e os relacionamentos (amorosos ou não).

Além do símbolo do coração, Copas também é o cálice (cups, em inglês) . O cálice leva a água, que representa as emoções e os sentimentos.

Elemento: Água.

Estação do ano: Primavera.

Representação na Idade Média: Clero (ligação com Deus).

 

Naipes do tarot: Ouros / Moeda / Estrela / Pentáculo

naipe tarot ouros moeda pentaculos estrrela

Qualquer um destes nomes podem ser encontrados no tarot referindo-se ao naipe de Ouros. Todos estão corretos e representam o mesmo: a matéria, o corpo, saúde, dinheiro, prosperidade, sensualidade, produção, materialismo, trabalho remunerado, bens.

Em outras palavras, tudo o que é do mundo, que não levaremos conosco para o plano espiritual. Isso não significa que é uma coisa mundana e ruim, já que é através da matéria que muitos aspectos espirituais evoluem.

Elemento: Terra.

Estação do ano: Verão.

Representação na Idade Média: Burguesia (ligação com a riqueza).

 

Naipes do tarot: Paus / Bastões

naipe tarot paus bastoes

O naipe de Paus, no tarot, tem a energia criativa do fogo e dos ramos de uma videira. Representa a energia vital dos seres vivos, a criatividade, impulso de ação, movimento, entusiasmo, aventura, vontade, espírito.

Seu elemento representativo, o fogo, é como a chama do espírito de um ser.

Elemento: Fogo.

Estação do ano: Outono.

Representação na Idade Média: Povo (ligação consigo e com as pessoas).

 

Naipes do tarot: Espadas

naipe tarot espadas

Este é o único naipe que tem somente uma nomenclatura e simbolismo: a Espada do tarot. Representa os aspectos mentais do ser, inteligência, pensamento, lógica, razão, intelecto, ideias, a verdade e a ética. O naipe de espadas é também agente do Ego.

Não por acaso, é o mais frio de todos os naipes. O pensamento centrado exige neutralidade e raciocínio, muitas vezes tendendo a ignorar os sentimentos (que é tendencioso e nem sempre justo).

Elemento: Ar.

Estação do ano: Inverno.

Representação na Idade Média: Nobreza (ligação com o raciocínio).

 

Caso tenha restado alguma dúvida, deixe sua pergunta nos comentários. Aproveite para curtir minha Fanpage, no Facebook.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *